Contraste |
| |

    Professor doutor em geografia Leandro Pinheiro dá entrevistas sobre o acidente em Capitólio

    Nos dias 10 e 11 de janeiro, o diretor da UEMG de Frutal, Profº. Dr. Leandro de Souza Pinheiro, concedeu entrevistas aos principais canais de notícias do município (Pontal Online e Raio X) sobre o acidente em Capitólio, Minas Gerais, ocorrido em 8 de janeiro.

    De acordo com o professor Leandro, “ao começar cair os primeiros blocos, a rocha deu sinal de que algo estava acontecendo. A ação da chuva naquele dia pode ter até acelerado esse processo, mas se estivéssemos na estação seca, sem chuva, ainda acredito que iria acontecer. Nesse caso, os guias deveriam ter o conhecimento do local” opina.
    Leandro aponta que alguns veículos de comunicação têm dado informação errada relacionada ao tipo de rocha. Segundo o professor, ao invés de rochas sedimentares, elas são metamórficas. Que um dia foram rochas sedimentares, sofreram metamorfose e hoje elas são metamórficas. Devido ao calor, a rocha expande e quando cai a temperatura, no período da noite, ela retrai. E neste processo de expansão e retração, faz com que todo aquele material seja trincado. “É extremamente comum a gente olhar nos paredões e ver as trincas” acrescenta.
    Leandro fala da importância da preparação dos guias locais para que tenham conhecimento e que quando caíssem as primeiras “pedrinhas” eles já se distanciassem com segurança.
    “Hoje, vivemos um desprezo pela ciência, recursos diminuindo. É preciso aumentar. As prefeituras das cidades turísticas, por exemplo, principalmente de turismo geológico, elas precisam investir, ter equipe de profissionais capacitados. Então estas equipes fariam varreduras pelos principais pontos turísticos frequentados, veriam onde estão as áreas de risco para que façam um mapeamento das mesmas e a partir disso, estabelecessem um limite de proximidade desses locais e aí sim, quais as medidas a tomarem. Infelizmente, muitas coisas que nós aprendemos ocorrem depois das tragédias”, lamenta.

    ___
    Leandro Pinheiro é doutor em Geografia pela Unesp - Rio Claro - SP. Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Geografia Física, atuando principalmente nos seguintes temas: geomorfologia Ambiental, erosão, erosão laminar, escoamento superficial, zoneamento florestal, Geoprocessamento. Atualmente é diretor, professor e pesquisador adjunto da Universidade do Estado de Minas Gerais - Unidade de Frutal.

    Endereço - FRUTAL

    UEMG - Unidade Frutal

    Avenida Escócia, 1001
    Bairro Cidade das Águas
    Frutal / MG
    CEP: 38202-436
    FAX: (34) 3423-2727

    • dummy+55 (34) 3423-2700

    • dummy+55 (34) 3423-2733

    • dummy faleconosco@uemg.br

    © 2022 UEMG