Contraste |
| |

    Debate educacional contemporâneo é o tema da 9ª edição dos "Diálogos Extemporâneos"

    fae ix dialogos extemporaneos

    O evento Diálogos Extemporâneos ocorre desde 2009 na Faculdade de Educação da Universidade do Estado de Minas Gerais, organizado pelo NEPESF (Núcleo de Estudos e Pesquisas em Educação, Sociologia e Filosofia).

    Em sua nona edição o evento contará com a parceria do projeto de extensão FIC no Campus em sua organização. Devido à situação gerada pela pandemia de covid-19, o evento IX Diálogos Extemporâneos será realizado excepcionalmente de forma virtual, transmitido pelo YouTube, no link https://www.youtube.com/watch?v=K7jzxv2FOrM . As inscrições serão realizadas por atividades, de forma gratuita, por meio da plataforma Sympla, que pode ser acessada pelo QRcode abaixo:

    QR code do Extemporâneos

    (Aponte a câmera de seu celular para o código acima)


    O fio condutor do evento Diálogos Extemporâneos é uma provocação endereçada aos participantes: o que seria extemporâneo na atualidade, em especial no debate educacional contemporâneo? O evento é inspirado na ideia de extemporaneidade presente na obra do filósofo alemão Friedrich Nietzsche (1844-1900). Na perspectiva nietzschiana, ser extemporâneo (unzeitgemässig) não é ser intemporal, colocar-se fora da história, da temporalidade, mas distanciar-se do espírito do tempo, da “nossa” época, e assim tornar-se inatual. Desse modo, ser extemporâneo é posicionar-se na contramão da exigência moderna e contemporânea de ser atual, tornando-se estrangeiro, estranho, à sua época. Isso não significa negar a época em que vivemos - esquecê-la, apagá-la, e sim observá-la a partir de outros pontos de vista, perspectivas de outras épocas e culturas. Extemporâneo é um modo de ser no tempo, que permite experimentar, imaginar e criar outros horizontes possíveis.


    Programação

    Dia 09/03

    • 9h30 – abertura - Liliana Borges (diretora Campus BH); Maria de Lourdes Teixeira (diretora FaE/UEMG); Laurici Vagner Gomes (Coordenador do NEPESF/FaE/UEMG)

    • 10h às 11h30 – Palestra: Existe uma nova forma de atenção? – Dr. Sérgio de Campos – psiquiatra e membro da Escola Brasileira de Psicanálise. Mediador: Prof. Dr. Marcelo de Magalhães Cunha (ESMU/UEMG)

    • 14h às 16h30 – NATUREZA, HUMANISMOS E FORMAÇÃO HUMANA: reflexões extemporâneas entre os gregos e os ameríndios. Profa. Dra. Karla Cunha Pádua (FaE/UEMG); Prof. Dr. Thiago de Souza Bittencourt Rodrigues (UniPinhal). Coord. da Mesa: Prof. Dr. Laurici Vagner Gomes (FaE/UEMG)

    • 19h às 21h – Mesa: A (Nova) Economia do Projetamento na China - diálogo entre economia e filosofia da educação. Prof. Dr. Elias Marco Khalil Jabbour (Ciências Econômicas/UERJ); Prof. Me. Lázaro Eustáquio Silva Simim (FaE/UEMG)

    Dia 10/03

    • 8h às 12h – Palestra: Arte, Psicanálise e Educação – interlocuções. Profa. Dra. Libéria Neves (FaE/UFMG). Mediador: Prof. Dr. Marcelo de Magalhães Cunha (ESMU/UEMG)

    • 17h às 19h – Mesa redonda: Subjetividades extemporâneas na educação: como as questões de gênero se apresentam na pandemia. Mestranda Izabella Riza Alves (Fac. Direito/UFMG); Prof. Dr. Marco Antônio Torres (Programa de Pós-Graduação em Educação/UFOP). Coordenadoras de mesa: Profa. Dra. Ana Paula Andrade e Izabella de Avelar Pessoa (iniciação científica voluntária).

    • 19h30 às 21h – Cinema comentado – Dogma 95: um cinema “Faça você mesmo”. Doutorando Gilbert Daniel da Silva (PUC/Minas). Mediadora: Profa. Dra. Daniela Passos (FaE/UEMG).

    Dia 11/03

    • 14h às 16h – Mesa: "Estética Antiga e Poesia Contemporânea: Da Odisseia dos Antigos aos Poemas do Século XXI". Prof. Dr. Jacyntho Lins Brandão (FALE/UFMG); Prof. Dr. Bernardo G.S. Lins Brandão (FALE/UFMG). Coord. da mesa: Profa. Ma. Janice Aparecida de Souza (FaE/UEMG)

    • 19h às 21h – Roda de conversa: Verdade, mentira e pós-verdade em tempos de pandemia. Prof. Me. Sérgio Murilo Rodrigues (FaE/UEMG). Coord. Dr. Laurici Vagner Gomes (FaE/UEMG)

    Dia 12/03

    • 9h às 11h – Oficina de Arte e Linguagem Aplicada à Educação: o silêncio que fala. Integrantes: Profa. Dra. Carla Maria Nogueira de Carvalho (FaE/UEMG); Prof. Dr. Gazy Andraus (Pós-doutorando na Faculdade de Artes Visuais da UFG); Profa. Dra. Joana Beatriz Barros Pereira (UEMG/Campanha); Ma. Solange Christina Carneiro Rodriguez (UEMG/Campanha).

    • 15h às 17h – Mesa: "Filosofia, Poesia e Morte. De Auschwitz ao Cenário Atual": Paul Celan e "A Fuga da Morte" (Todesfuge). Theodor W. Adorno. A razão Instrumental e a Educação”. Profa. Dra. Magda Guadalupe dos Santos (PUC-MG/FaE-UEMG); Prof. Me. Sérgio Murilo Rodrigues (FaE/UEMG). Coord. da mesa: Profa. Me. Janice Aparecida de Souza (FaE/UEMG)

    • 17h às 19h30 – Palestra: Neoliberalismo, subjetividade e cultura. Me. Márcio Toledo Gonçalves (Juiz do trabalho e mestre em direito/UFMG). Mediador: Prof. Dr. Marcelo de Magalhães Cunha (ESMU/UEMG)

    © 2022 UEMG