Contraste |
| |

    Reinauguração de laboratórios da Unidade é realizada

    Os laboratórios de Geografia, de Geotecnologias e Dinâmicas da Natureza, e de Matemática e Física foram reinaugurados na última segunda-feira (29). O evento foi simbólico, mas importante para apresentar os espaços onde os alunos poderão realizar seus estudos e pesquisas na volta às aulas presenciais. O momento foi transmitido via Instagram (@uemg.carangola) e o vídeo pode ser acessado no IGTV da Unidade de Carangola.

    Segundo a professora Mariana Soares Domingues, os laboratórios têm por objetivo auxiliar nos estudos e pesquisas nas disciplinas do curso, bem como oferecer ferramentas direcionadas às diferentes áreas do conhecimento e reflexões inerentes ao ensino da Geografia e suas aplicações nos diferentes contextos e âmbitos sociais, políticos, culturais, econômicos, ambientais, dentre outros. Representam ainda um espaço para sistematização, organização e tratamento de dados e informações espaciais e confecção de mapas georreferenciados. "Esses espaços extrapolam os conteúdos trabalhados em sala de aula, entrelaçando a aprendizagem com a articulação entre prática, ensino, pesquisa e extensão das disciplinas do curso, promovendo maior contato entre docentes e discentes, e colaborando para o desenvolvimento de seus estudos e assimilando os conhecimentos de maneira mais dinâmica e ativa", comentou.

    Para a professora Sabrina Alves Boldrini Cabral, um dos principais objetivos do Laboratório de Ensino de Matemática e Física (LEMF) é desenvolver e difundir atividades e sistemas para o ensino de Matemática e Física, em que os discentes aprendam com a prática. O LEMF tem como público-alvo estudantes dos cursos de Matemática e Pedagogia, mas estará aberto para atender toda a comunidade, contando com projetos de extensão que visem desenvolver/difundir uma metodologia de ensino de Matemática e Física que permita uma participação ativa do aluno no processo de construção do conhecimento matemático. "O LEMF pode ser visto como um espaço de construção do conhecimento individual e coletivo. Neste ambiente, os recursos didáticos-pedagógicos podem passar a ter vida própria, seja enquanto propostas didáticas ou mesmo como outros tipos de materiais didáticos que auxiliem a construção epistemológica. No laboratório, professores e alunos podem dar expansão à sua criatividade, dinamizar o trabalho e enriquecer as atividades de ensino-aprendizagem, tornando o processo muito mais prazeroso e eficaz", garante.

    Tags:
    © 2021 UEMG