Contraste |
| |

    Eventos da Semana UEMG marcam centenário de Paulo Freire na Unidade Monlevade

    Por Breno Eustáquio
    Comunicação Uemg Monlevade

    A Semana UEMG 2021 será marcada por eventos que ocorrem para celebrar o centenário de Paulo Freire, considerado o Patrono da Educação Brasileira. Várias atividades estão sendo realizadas já há algumas semanas, mas a maioria delas ocorrerá entre 18 e 22 de outubro e estão sendo organizadas pelo Coletivo Paulo Freire, através de grupos de pesquisa e de estudos e Centros Acadêmicos de várias unidades da Universidade do Estado de Minas Gerais.

    Na Unidade João Monlevade, a organização ficou a cargo da Extensão, sob coordenação da professora Telma Ellen Drummond. Confira abaixo a programação completa. Os eventos são abertos ao público e os interessados devem se inscrever pelo site https://www.even3.com.br/semanauemg2021/. Os alunos que participarem receberão certificados com horas para uso em Atividades Complementares de Graduação (ACG).

    Quem foi Paulo Freire?

    Nascido em Recife/PE, em 19 de setembro de 1921, o educador Paulo Freire coordenou em Angicos, interior do Rio Grande do Norte, uma equipe que alfabetizou trezentos trabalhadores rurais em apenas quarenta horas. Esse foi o projeto-piloto do que seria o Programa Nacional de Alfabetização do governo de João Goulart, presidente que viria a ser deposto em março de 1964. Em outubro desse mesmo ano, Freire deixou o Brasil para proteger a própria vida. Apenas voltou a visitar o país em 1979, com a abertura democrática.

    Ao longo de sua história, recebeu 42 títulos de doutor honoris causa, além de títulos de professor emérito, distinguished educator e investigador emérito, de diversas universidades nacionais e estrangeiras, além de inúmeros prêmios, como Educação para a Paz, da Unesco, e Ordem do Mérito Cultural, do governo brasileiro. Integra o International Adult and Continuing Education Hall of Fame e o Reading Hall of Fame.

    É um dos brasileiros mais célebres e um dos filósofos do século XX mais lidos em todo o mundo, segundo levantamento do Massachusetts Institute of Technology. Escreveu dezenas de livros, entre eles, Pedagogia do Oprimido, a terceira obra de Ciências Dociais e Humanas mais citada no mundo, de acordo com a London School of Economics (Fonte: Editora Record).

    cartaz para o site

    © 2021 UEMG