Contraste |
| |

    ÌRÓKÒ - Formação em Ecologias Afrodiaspóricas | Inscrições abertas

    Quinta, 18 Novembro 2021 - Quinta, 25 Novembro 2021

    Ibirité

    IBIRITÉ
    As folhas, animais e outros seres que migraram para as américas durante a diáspora dos povos africanos, escravizados durante séculos, estabeleceram aqui novas relações e alianças que forjaram a base da vida, resistência e luta dos quilombos e terreiros. Em tempos de crise climática e diante da devastação gerada pelo avanço do capitalismo é urgente o cultivo de ecologias afrodiaspóricas constituídas por outras formas de relação e formas de coabitar o mundo.  
    Ìrókò – Formação em Ecologias Afrodiaspóricas tem como objetivo evidenciar o protagonismo dos povos tradicionais de matriz africana nas lutas ambientais e a diversidade de ecologias produzidas a partir das alianças entre gentes, folhas, orixás, nkises, voduns, santos, encantados, pedras, águas e demais seres que habitam seus mundos.
    Ìrókò é orixá do candomblé Keto, geralmente associado à gameleira branca. Essa energia também está presente no Jeje, como o vodum Lôko e na tradição Banto, como Tempo. Ìrókò também é a ligação entre o Àiyé e o Òrun. Portanto, Ìrókò manifesta nosso desejo de encantar novamente o mundo, de sermos capazes de regenerar e cuidar da terra, despertando o axé que habita em tudo que vive.
    Ao nos aproximar dessas ecologias, poderemos cultivar em nós outras formas de pensar e agir frente a crise ambiental, que, ao fim e ao cabo, é a expressão atual da máquina de morte colonial que ao longo dos últimos cinco séculos silenciou os saberes, memórias e mundos afroameríndios.
    Serão 16 encontros distribuídos em quatro eixos. Vamos catar, quinar e cantar folhas vindas de várias partes do país. Folhas que nos ensinam sobre as lutas e as ecologias dos quilombos e dos terreiros. Folhas que nos ensinam sobre outras formas de educar, habitar, cuidar e fazer política.

    A participação na Formação é livre e a aberta a todas e todos que queiram espalhar outras folhas por esse mundo, fazendo dele nosso grande Quilombo, morada de tudo que vive.

    Contato:
    Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
    © 2022 UEMG