Contraste |
| |

    Projetos de Pesquisa - Escola de Música

    IZABELA DA CUNHA PAVAN ALVIM       

    A APRENDIZAGEM DO PIANO DENTRO DA COMUNIDADE SUZUKI: UMA ANÁLISE PSICOSSOCIOLÓGICA DA PEDAGOGIA MUSICAL

    Este projeto de pesquisa está sendo realizado conjuntamente dentro do Programa de pós-graduação em Música da UFMG (Doutorado em Educação Musical) sob orientação da Dra. Patrícia Furst Santiago e na Escola de Música da UEMG (Curso de Musicalização Infantil). O objetivo é investigar a aprendizagem do piano por crianças de três a sete anos dentro da Comunidade Suzuki, a partir de um viés psicossociológico. No referencial teórico estão presentes obras de Schinichi Suzuki, Lave e Wenger, Wenger e Adrian e Hargreaves. A metodologia consiste em entrevistas, observações análise e discussão de dados.

    ULISSES COUTINHO AMARAL   

    A OBRA DE HENRIQUE OSWALD (1852-1931): ANÁLISE CRÍTICA DAS FONTES

    A presente pesquisa se propõe a somar aos esforços do Prof. Dr. Eduardo Monteiro em cuja tese de doutorado constam as localizações das fontes e o primeiro catálogo geral das obras de Oswald, o qual servirá de base para a elaboração de um minucioso catálogo temático desse compositor em que constarão ainda análise e crítica das fontes. A digitalização das fontes disponíveis, a criação de um banco de dados online com as obras digitalizadas e a elaboração de uma cronologia estimada das obras são outros resultados esperados com a pesquisa.

     

    MARILIA NUNES SILVA 

     A RELAÇÃO ENTRE O MÚSICO E SEU INSTRUMENTO: AVALIAÇÃO NEUROFISIOLÓGICA E MOTORA EM CONDIÇÕES DE PERFORMANCE HABITUAIS E ALTERADAS

    A prática de um instrumento é uma habilidade complexa de ação seriada que depende do funcionamento de mecanismos de feedbacks sensoriais. O objetivo deste projeto é investigar, com base na avaliação de dados neurofisiológicos e motores, o impacto da mudança dos objetos e contextos nos processos cognitivos, dentro da relação músico-instrumento. Participarão do estudo 20 músicos treinados e com idades entre 18 e 35 anos que irão desempenhar por um minuto uma peça de livre escolha nas condições: performance habitual; performance sem instrumento e performance de olhos vendados.

     

    DOMINGOS SAVIO LINS BRANDÃO         

    CADERNO DE PIRANGA: EDIÇÃO DE MANUSCRITO DO INICIO DO SÉCULO XVIII PERTENCENTE AO ACERVO MAESTRO CHICO ANICETO

    O presente  projeto tem como objetivo realizar a revisão da edição do manuscrito Caderno de Piranga pertencente ao Acervo Maestro Chico Aniceto, realizada em 2018, como forma de proporcionar o acesso a um maior número de pesquisadores e músicos ao raro documento do início do século XVIII e viabilizar uma possível publicação por meio digital e impresso.

     

    ALEXANDRE GLOOR       

    CANCIONEIRO DE MÚSICA POPULARES

    Este projeto pretende investigar e trazer a público antigas edições de cancioneiro de música popular em língua portuguesa, confrontando-os entre si e com o cancioneiro brasileiro que, sofrendo um processo de transmutação, adquiriu afeições peculiares do nosso regionalismo e persiste até os dias de hoje. Sob esta perspectiva, e embasado e estudos musicológicos e interpretativos, um concerto será montado, no sentido de apresentar as obras ao público, realçando as peculiaridades encontradas e os contextos etnológicos das obras.

    JOSE ANTÔNIO BAETA ZILLE       

    CONSTRUÇÃO DE UMA INTERPRETAÇÃO A PARTIR DE ELEMENTOS DA RETÓRICA QUE ESTABELECEM CONEXÃO ENTRE MÚSICA E POESIA DOS SÉCULOS XVII E XVIII

    Este projeto pretende, a partir da elaboração e apresentação de um concerto fundamentado e historicamente informado, a partir da elaboração e apresentação de um concerto fundamentado e historicamente informado, apontar, diversos aspectos da retórica e técnico-musicais que se constituem como conexão entre obras musicais do período Barroco Europeu e poemas do mesmo período. Nesse sentido, quer contribuir para o resgate dos fundamentos estéticos musicais e poéticos do período barroco de forma a complementar a formação musical interpretativa e possibilitar a apreciação historicamente informada.

     

    DOMINGOS SAVIO LINS BRANDÃO         

    EDIÇÕES DE OBRAS RARAS DO ACERVO MAESTRO CHICO ANICETO (PIRANGA MG): OBJETOS DE REPRESENTAÇÕES SOCIAIS – CONTINUAÇÃO DO PROJETO”

    O presente projeto visa realizar a edição do manuscrito Caderno de Piranga pertencente ao Acervo Maestro Chico Aniceto como forma de proporcionar o acesso a um maior número de pesquisadores e músicos ao raro documento do início do século XVIII e viabilizar uma possível publicação por meio digital e impresso.

     

    ALINE AZEVEDO COSTA

    EDIÇÕES DE OBRAS RARAS DO ACERVO MAESTRO CHICO ANICETO - NÚCLEO DE ACERVOS DA ESCOLA DE MÚSICA DA UEMGCOLA DE MÚSICA DA UEMG

    O Núcleo de Acervos da Escola de Música da UEMG, inaugurado em 2007 para atender à linha de pesquisa Musicologia Histórica do Centro de Pesquisa desta instituição, figura como um amplo campo para pesquisas de cunho musicológico, dado que reúne sete acervos com documentos que vão desde a primeira metade do século XVIII ao século XXI de diferentes cidades de Minas Gerais.  Dentre as diversas pesquisas realizadas a partir dos materiais resguardados no Núcleo de Acervos da ESMU/UEMG, destacamos o trabalho de restauração e edição de partituras do Acervo Maestro Chico Aniceto.

     

    MARCELO ALMEIDA SAMPAIO 

    ENSINO DA LEITURA À PRIMEIRA VISTA AO PIANO

    O projeto tem múltiplos componentes a serem organizados, desenvolvidos e divulgados processualmente em cinco anos. De início, será estruturada e organizada uma revisão geral de literatura em LPV (etapa atual). Em seguida, serão pesquisadas as etapas do ensino-aprendizagem em LPV, tais como o processo de pré-leitura, aquele que él anterior à chegada da leitura absoluta na clave de fá e sol. Por fim, serão sistematizadas as etapas da LPV na leitura absoluta, a partir de etapas graduais de aprendizagem. Sendo assim, serão investigadas também nesta etapa final a diversidade de tipos de leitura.

     

    MARILIA NUNES SILVA 

    ESTÍMULOS MUSICAIS PARA AVALIAÇÃO DAS EMOÇÕES - PARTE2

    O estímulo musical é frequentemente associado à indução de emoções. Esta pesquisa tem por objetivo avaliar a eficácia de 116 estímulos musicais compostos para suscitar alegria, medo/raiva, tristeza e serenidade. Os estímulos foram testados em uma amostra de 100 indivíduos adultos, 50 músicos e 50 não músicos. Os participantes responderam qual a emoção sentem ao ouvir o estímulo, qual é a sua valência emocional e a sua excitabilidade. Serão realizadas análises de comparação entre grupos e de TCT para avaliação dos estímulos.

     

    LUIZ ALBERTO BAVARESCO DE NAVEDA

    ESTRATÉGIAS DE REPRESENTAÇÕES DO MOVIMENTO NO CONTEXTO DE SALVAGUARDA DE PATRIMÔNIO IMATERIAL EM MANIFESTAÇÕES DE MUSICA E DANÇA

    A preservação das culturas imateriais e tradicionais no mundo contemporâneo em transformação é um tema fundamental nas políticas de atuação dos órgãos institucionais patrimoniais em todas as esferas de governança. Em especial, o movimento corporal, que guarda os saberes incorporados nas tradições de música e dança, está em um constante processo de transformação invisível, dada a natureza intangível das formas musicais coreográficas. Embora a ideia de salvaguarda de processo e práticas nas tradições esteja presente na definição estipulada pela UNESCO, suas definições não tocam em modelos de rep.

     

    GUILHERME AUGUSTO SOARES DE CASTRO       

    GRAVAÇÃO DE PRODUÇÃO MUSICAL DA ESMU UEMG 2019

    Este projeto visa ao mapeamento e gravação das produções da comunidade acadêmica da Escola de Música da UEMG em 2019. Serão escolhidos 8 trabalhos a serem gravados, mixados e masterizados, para então serem disponibilizados em canal público na Internet.

     

    LOQUE ARCANJO JUNIOR           

    HEITOR VILLA-LOBOS NA AMÉRICA HISPÂNICA: ESTUDO DA INTERNACIONALIZAÇÃO DA OBRA DO COMPOSITOR BRASILEIRO A PARTIR DO ACERVO CURT LANGE (1930 – 1945)

    O projeto de pesquisa tem como objetivo central a análise do papel do Americanismo Musical, projeto musicológico liderado pelo musicólogo teuto-uruguaio Francisco Curt Lange, no processo de internacionalização da obra de Heitor Villa-Lobos em relação aos países da América Hispânica a partir do estudo crítico das fontes presentes no Acervo Curt Lange, em especial da correspondência entre estes atores sociais. 

     

    LUIZ ALBERTO BAVARESCO DE NAVEDA

    MINERAÇÃO DE DADOS NOS ACERVOS DE IMAGENS E MÚSICA: MÉTODOS COMPUTACIONAIS PARA ANÁLISE DAS REPRESENTAÇÕES DO CORPO NOS ACERVOS MUSICAIS

    Grande parte das representações de música e dança apresentam imagens retratando um corpo que interage com a música na forma de ações musicais ou dança. Entretanto, as relações entre estas representações e as estruturas musicais foram muito pouco exploradas no desenvolvimento do conhecimento musical e do conhecimento sobre a cultura no entorno das manifestações musicais. Por um lado, esta lacuna pode refletir aversão ao conhecimento vinculado ao corpo, cuja natureza é colocada em segundo plano na tradição Cartesiana de oposição mente-corpo, ainda presente no discurso das ciências. 

    MARILIA NUNES SILVA 

    MÚSICA, EMOÇÃO E MEMÓRIA: EFEITO DA VALÊNCIA E EXCITABILIDADE EMOCIONAL SOBRE A MEMÓRIA MUSICAL

    Apesar do processamento de estímulos musicais estar associado à ativação do sistema límbico, a maioria dos estudos sobre memória musical não contempla o papel das emoções na memorização e aprendizagem de melodias. O presente projeto tem por objetivo principal investigar se emoções suscitadas pelo estímulo musical podem modular o desempenho em tarefas de memória musical. Serão realizados experimentos com comparação entre grupos para verificar a hipótese de que melodias com alta excitabilidade e valência positiva são mais fáceis de recordar do que  com baixa excitabilidade e valência negativa.

     

    FELIPE DE OLIVEIRA AMORIM   

    O CONTRAPONTO MÚSICA/PINTURA NO CONTEXTO DA MÚSICA DE CONCERTO - G.P. TELEMANN

    O trabalho parte do estudo das peças e escolha das pinturas que devem ser animadas em software de edição de video, seguido pelo desenvolvimento de uma interface de software em MAX capaz de gerenciar as imagens em sincronia com a música tocada ao vivo, um sistema de score following, capaz de ouvir o intérprete e controlar as ações das imagens de forma sincronizada. Por fim a performance, onde se pretende avaliar a confiabilidade do sistema, aspectos da iluminação do palco, a interferência da imagem na escuta e a geração de um produto no qual música e imagem atuem de forma contrapontística.

     

    LUIZ ALBERTO BAVARESCO DE NAVEDA

    OBSERVATÓRIO DE PUBLICAÇÕES EM ARTES (OPA): CADASTRAMENTO DE PERIÓDICOS EM ARTES PARA NAVEGAÇÃO EM BASE DE DADOS RELACIONAIS

    As constelações epistemológicas que formam a ciência e a arte se encontram em franca aproximação. A transdisciplinaridade e o hibridismo do trabalho artístico contemporâneo, a intermedialização, e a intensa demanda pela documentação de processos artísticos são exemplos de fenômenos que ocorrem no sistema das artes e indicam esse movimento. 

     

    LOQUE ARCANJO JUNIOR           

    OS SONS DAS IMAGENS: OS SONS DAS IMAGENS: PRÁTICAS E REPRESENTAÇÕES SOCIAIS  NA ICONOGRAFIA MUSICAL BRASILEIRA  

    Analisando historio da música, percebe-se que as fontes de caráter não iconográfico, ou seja, aquelas “escritas” foram privilegiadas pelas pesquisas até bem recentemente. As imagens, quando utilizadas pelo historiador, se apresentavam sob a lógica da “ilustração”. Este material iconográfico deve ser integrado à problemática da música enquanto patrimônio cultural. A partir do estudo crítico dos significados que atribuem sentido histórico às práticas musicais, sua historicidade se apresenta de modo mais claro.

     

    ALINE AZEVEDO COSTA

    PRÁTICA DE MÚSICA ANTIGA EM BELO HORIZONTE:  ESTUDO A PARTIR DOS DOCUMENTOS DE GÊNERO TEXTUAL DO ARQUIVO GEORGES E ANA MARIA VINCENT

    Este projeto prevê a realização de registro histórico sobre a prática de música antiga em Belo Horizonte a partir de pesquisa documental no Arquivo Georges e Ana Maria Vincent. Este arquivo faz parte do Núcleo de Acervos da Escola de Música da UEMG e possui vasta documentação sobre grupos de música antiga atuantes na capital mineira na segunda metade do século XX.

     

    ALINE AZEVEDO COSTA

    PRESERVAÇÃO, PESQUISA E COMUNICAÇÃO: TRATAMENTO INFORMACIONAL DO NÚCLEO DE ACERVOS DA ESCOLA DE MÚSICA DA UEMG A PARTIR DAS RELAÇÕES ENTRE ACERVOS MUSICAIS E FUNÇÕES MUSEAIS

    Atualmente estão sob a guarda do Núcleo de Acervos sete acervos, além de obras avulsas . Alguns destes arquivos já passaram por tratamento e organização, outros, entretanto, ainda não foram devidamente inventariados ou acomodados de forma permanente. Nota-se também que não há um registro oficial dos processos de coleta, conservação e organização realizados nos acervos, o que dificulta traçar um percurso histórico dos mesmos dentro da instituição e definir metodologias de tratamento adequadas.

    ALINE AZEVEDO COSTA

    PRESERVANDO FONTES E CONTANDO A HISTÓRIA: TRATAMENTO INFORMACIONAL DO ACERVO HOSTÍLIO SOARES - NÚCLEO DE ACERVOS DA ESCOLA DE MÚSICA DA UEMG   

    Este projeto prevê o tratamento informacional do Acervo Hostílio Soares, pertencente ao Núcleo de Acervos da Escola de Música da UEMG. Este acervo destaca-se pelo volume do obras resguardadas do próprio Hostílio Soares mas também por conter fontes musicais manuscritas do século XIX.

     

    ANA CONSUELO RAMOS             

    PROGRAMA DE RÁDIO PARA CRIANÇAS NO MOVIMIENTO DE LA CANCIÓN INFANTIL LATINOAMERICANA Y CARIBEñA: SERELEPE: UMA PITADA DE MÚSICA INFANTIL

    A partir do estudo da canção para crianças, reflito sobre sua produção e veiculação pelo Movimiento de la Canción Infantil Latinoamericana y Caribeña (MOCILyC), discutindo os conceitos de infância e cultura infantil; música e canção para criança e suas diferentes formas de difusão na atualidade. O objetivo principal da pesquisa é analisar o programa de rádio Serelepe: uma pitada de música infantil, coordenado por Eugênio Tadeu Pereira, integrante do Comitê Permanente do Movimento, destacando objetivos, público a que se dirigem, bem como seus pressupostos filosóficos e conceituais. 

     

    RAISSA ANASTASIA DE SOUZA MELO     

    PROJETO RÁDIO INCONFIDÊNCIA DE BELO HORIZONTE: INVENTARIAÇÃO DO ACERVO SONORO

    O arquivo da Rádio Inconfidência, de aproximadamente 33.000 registros sonoros e de 1440 partituras, encontra-se sob a guarda da Universidade do Estado de Minas Gerais e aos cuidados de sua Escola de Música. Essa coleção encontra-se parcialmente danificada e em estado de decomposição. Esse projeto pretende inventariar esse acervo que permitirá a criação do maior e mais significativo arquivo de registros sonoros de Minas Gerais até o momento, e de uma cultura de preservação desse tipo de acervo até hoje inexistentes em nosso Estado. 

     

    GUILHERME SILVEIRA DO NASCIMENTO

    RESGATE E CONSERVAÇÃO DA MÚSICA ERUDITA BELORIZONTINA CONTEMPORÂNEA

    O presente projeto pretende contribuir para que a música erudita contemporânea, composta na cidade de Belo Horizonte, deixe de ser uma arte confinada aos guetos e passe a integrar a vida da sociedade. Tem, como meta principal, o resgate de uma parte dessa arte, através do levantamento, recuperação, restauro e digitalização de obras de compositores residentes em Belo Horizonte, tais como, Nelson Salomé, Oiliam Lanna, Guilherme Nascimento, Hudson Lacerda, Sérgio Canedo e Sérgio Freire, dentre outros.

     

    SONIA CRISTINA DE ASSIS           

    SABERES TRADICIONAIS DO REINADO MINEIRO: DA MULTIPLICIDADE ARTÍSTICA ÀS EXPERIÊNCIAS MUSICAIS VIVIDAS.

    O Projeto “Saberes Tradicionais do Reinado Mineiro: da multiplicidade artística às experiências musicais vividas”, realizado através de parceria entre as Escolas de Música e de Design da UEMG, propõe aproximação entre a universidade e comunidades tradicionais. Irmandades do Reinado Mineiro acolhem pesquisadores e estudantes para imersão e vivências contextualizadas enquanto a universidade recebe os Mestres Populares para uma troca de conhecimentos, indispensável à formação acadêmica e que contribui para tornar a universidade um espaço vivo e dinâmico.

     

    MARCELO DE MAGALHÃES CUNHA        

    SUBLIMAÇÃO E DESEJO PARA O APRENDIZADO DA MÚSICA: UMA ABORDAGEM PSICANALÍTICA COM ALUNOS DA ESCOLA DE MÚSICA DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS

    O projeto se relaciona com a área da educação chamada “Processos de ensino e aprendizagem”. Nesse caso a interface será com a Educação e Psicanálise, linha de pesquisa de meu doutorado. O objeto de pesquisa, com base na psicanálise, será a Sublimação, como forma de fomentar o Desejo para o aprendizado da música, o que confirma a pesquisa no circuito da educação musical. A pertinência desse projeto será de continuar com o que advém a partir do “outro”, como pontua a psicanálise, no sentido de relacionar a questão da Sublimação e do Desejo com o processo de ensino e aprendizado da música.

     

    MOACYR LATERZA FILHO             

    TRANSCRIÇÃO, PARA DOIS VIOLÕES, DO PRELÚDIO E CANTO DO SERTÃO, DA BACHIANAS BRASILEIRAS N°4, DE HEITOR VILLA-LOBOS

    Desde o início do Século XX são encontradas citações, referências, reelaborações ou releituras seja de obras de J. S. Bach, seja de sua linguagem, de seu universo sonoro ou de sua polifonia. No Brasil, o exemplo clássico e explícito disso são as nove Bachianas Brasileiras de Heitor Villa-Lobos, cuja referência à obra de J. S. Bach dispensa maiores comentários. Propomos verificar, nesta pesquisa,  como certos aspectos idiomáticos do violão respondem à reelaboração e à releitura que Villa-Lobos faz, à sua maneira, da linguagem bachiana, através da transcrição de uma obra emblemática sua.

     

    FABIO HENRIQUE VIANA             

    TRATAMENTO INFORMACIONAL DO ACERVO DE PARTITURAS DA RÁDIO INCONFIDÊNCIA: INVENTARIAÇÃO DAS FONTES, ORGANIZAÇÃO DE CATÁLOGO E ACESSIBILIDADE PARA PESQUISA

    O Acervo de Partituras da Rádio Inconfidência, acumulado entre as décadas de 1940 e 1960, faz parte do Núcleo de Acervos da Escola de Música da UEMG, sendo formado por cerca de 2.400 obras, a maioria arranjos de música popular, das quais 1.545 estão catalogadas. O projeto pretende concluir o trabalho de higienização, inventariação, catalogação e acomodação permanente das fontes musicais do Acervo (cerca de 855 partituras), bem como revisar o catálogo completo.

    Endereço - Música

    UEMG - Unidade Escola de Música

    Rua Riachuelo, 1351
    Padre Eustáquio - BH/MG 
    Cep: 31170-000
    Telefone: (31) 3479-8300

    • dummy+55 (31) 3479-8300

    • dummy faleconosco@uemg.br

    Assine

    Digite seu e-mail e enviaremos mais informações

    © 2020 UEMG

    Search