Contraste |
| |

    Escola de Música | A Época de Ouro do Rádio é recriada para os 30 anos da UEMG

    A Orquestra Sinfônica da Escola de Música (EsMu) da Universidade do Estado de Minas Gerais realizou ontem (12) à noite uma apresentação especial como parte da programação pelos 30 anos de criação da UEMG. Intitulado “Uma noite no rádio” (saiba mais), o concerto recriou, no Auditório Fernando Coelho da EsMu, em Belo Horizonte, a atmosfera dos programas radiofônicos de antigamente, com direito a narrador, clima de programa de auditório, entrevistas e execução de peças ao vivo. O destaque especial foi para a presença do pianista e ex-professor da UFMG Ely Drummond, que fez parte da orquestra da Rádio Inconfidência.

    Na plateia a reitora da UEMG, professora Lavínia Rosa Rodrigues, pró-reitores, professores, estudantes e convidados interagiram com a apresentação no estilo do rádio ao vivo. Um episódio da rádio novela “Histórias que ouvi contar” deu vida a personagens que ficaram conhecidos na década de 1950.

    Patrimônio histórico
    A Escola de Música (EsMu) da UEMG é guardiã do acervo da Rádio Inconfidência. A coleção reúne partituras e gravações, a maior parte em discos de vinil. O acervo remete à década de 30 do século passado, quando surgiu a Rádio Inconfidência. Os itens preservados abarcam mais de 40 anos de história, cobrindo até a década de 70.

    Nesse período, compreendido como a época de ouro do rádio no Brasil, as grandes rádios como a Inconfidência (MG), Eldorado (SP), e a Nacional (RJ) possuíam orquestra própria, reunindo grandes músicos. Esses coletivos eram responsáveis pela produção musical das rádios, dentre vinhetas, trilhas sonoras, arranjos para shows de calouros e outras atrações. Executados sempre ao vivo, esse material encontra-se preservado hoje por meio de acervos como o da Escola de Música.

    Abaixo, confira as fotos do evento:.

    © 2020 UEMG

    Search