Contraste |
| |

    Artista plástica formada pela Escola Guignard da UEMG é notícia no New York Times

    30soniagomes2 superJumboAos 72 anos de idade, a artista plástica Sonia Gomes, formada pela Escola Guignard da UEMG, emplacou uma exposição de seus trabalhos na Pace Gallery de East Hampton, a partir do mês de setembro, em Nova Iorque, e foi entrevistada pelo New York Times.

    Feito de tecidos de várias cores, texturas e de origens distintos, o trabalho apresentado será uma reunião de esculturas de outras exposições da artista. Nele, ela contorce, embrulha, preenche e costura tecidos multicoloridos em diversos formatos, pendurando-os sob o teto.

    Mineira de Caetanópolis, radicada em São Paulo, a artista menciona durante a entrevista suas referências e enuncia seu local de formação, a Escola Guignard, da UEMG. Conta que, aos 45 anos de idade, deixou a profissão de advogada para estudar artes plásticas na instituição, na qual descobriu que "nem tudo é arte,embora a arte possa ser tudo" e considerou o local como o impulsionador de sua carreira artística, que, segundo a reportagem, "recolhe elementos da cultura e experiência negra, que continua a ser subvalorizada e vítima de apropriação cultural no último pais a oeste do mundo a abolir a escravidão".

    Conta também que, quando se formou, batalhou muito para sobreviver com sua arte. Como seu trabalho trafega muito bem em diferentes mídias, a classificação de seu trabalho sempre oscilou entre aquilo que as galerias consideram como belas artes e peças que um artesão faz para vender. Segundo a artista, essa flutuação de rótulos não incomoda, porque tentar se encaixar em um conceito atrapalha sua liberdade criativa.

    A trajetória da artista é daquelas que ganham reconhecimento no exterior antes de reverberar no próprio país. Em 2015 participou Bienal de Veneza e expôs seu trabalho no National Museum of Women in the Arts em Washington (EUA), ou na Turner Contemporary (Inglaterra), enquanto seu primeiro trabalho no Brasil ocorreu somente em 2018, no Museu de Arte Contemporânea do Rio de Janeiro e no Masp, em São Paulo, data em que, segundo a reportagem, ela teria se tornado a primeira brasileira negra a ter uma exposição solo.

    Para a exposição da Pace Gallery, a artista teve a colaboração da pintora Marina Perez Simão, com a qual criou uma peça de técnica mista, exclusiva para a exposição.

    Sonia terá ainda a oportunidade de realizar sua primeira exposição solo na Pace Gallery de Manhattan em 2022.

    Acesse a reportagem completa do NYT sobre a arte, processo criativo e trajetória da artista plástica mineira.

    (Imagens desta notícia: Gabriela Portilho, para o The New York Times)

    Endereço - Guignard

    Escola Guignard - UEMG

    Unidade Guignard
    Rua Ascânio Burlamarque, 540
    Bairro Mangabeiras
    Belo Horizonte - MG
    Cep30315-030

    • dummy+55 (31) 3194 9300

    • dummy faleconosco@uemg.br

    Assine

    Digite seu e-mail e enviaremos mais informações

    © 2020 UEMG

    Search