Contraste |
| |

    Noticias

    Unidade Divinópolis | Cultura e tradição regional marcam Semana de Museus

    Texto: Elvis Gomes (Assessoria de Comunicação da UEMG Divinópolis), com colaboração de Júlia Sbampato (estudante do 7º período do curso de Jornalismo da UEMG Divinópolis e estagiária no Cemud)

    Fotos: André Camargos, Elvis Gomes, Maira Lima (estagiária) e Isabella Marques | Assessoria de Comunicação da UEMG Unidade Divinópolis

    A programação da primeira semana de atividades da 17ª edição da Semana Nacional de Museus, realizada pelo Centro de Memória Professora Batistina Corgozinho (Cemud), da UEMG Unidade Divinópolis, foi encerrada na sexta-feira (10 de maio) com a visita do presidente do Sindicato Rural de Divinópolis, Irajá Nogueira, à exposição “Divinaexpo: tradição e patrimônio imaterial de Divinópolis”, uma das atrações do evento. Durante a visita, ele concedeu, aos canais de TV de Divinópolis, entrevistas sobre a festa, que acontece entre os dias 24 de maio e 2 de junho, no Parque Divinaexpo, em Divinópolis.

    A Semana Nacional de Museus é realizada, anualmente, para celebrar o Dia Internacional dos Museus (18 de maio). Neste período, os museus brasileiros são convidados pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) a desenvolver uma programação especial sobre o tema proposto. Nesta edição, está sendo abordado o tema “Museus como núcleos culturais: o futuro das tradições”. O objetivo da Semana de Museus é promover, divulgar e valorizar os museus brasileiros, aumentar o público visitante e intensificar a relação dos museus com a sociedade.

    Abertura

    A abertura da Semana de Museus foi realizada na segunda-feira (6 de maio), no auditório da Unidade. A cerimônia foi iniciada pelos coordenadores do Cemud, professores Flávia Lemos e José Heleno Ferreira, e pelo diretor acadêmico da Unidade, professor Fabrizio Furtado de Sousa. Logo depois, ocorreram as apresentações do Grupo de Viola do Projeto Fazendo Arte, de Divinópolis, e do cantor Celinho, que entoou a “Ave Maria”. Em seguida, participou do evento Maria Luiza Pimentel de Souza, filha do engenheiro e ex-prefeito de Divinópolis Luiz Fernandes de Souza, homenageado na mostra “O semeador de escolas”, em cartaz durante a Semana de Museus. Também marcaram presença na abertura Felipe Cunha, da Associação de Reinadeiros de Bom Despacho, e Joyce Soares, da Secretaria de Cultura da cidade. A cerimônia foi encerrada com a apresentação do grupo de reinado de Bom Despacho.

    Já nos dias 7 e 9 de maio foi realizada, na sala 401 (bloco 4), a oficina “Produção de documentários e a contribuição para a transformação social”, ministrada pelo roteirista Igor Bastos.

    Visita

    Na manhã de quarta-feira (8 de maio), alunos da Escola Municipal José Carlos Pereira, de Divinópolis, visitaram as exposições organizadas durante a Semana de Museus. Além das mostras sobre a Divinaexpo e Luiz Fernandes de Souza, eles conheceram as exposições “Vem que é dia de festa!”, sobre a festa do reinado, realizada há 180 anos em Bom Despacho, e “Etnobiologia: uma tradição ecológica”, que aborda a biodiversidade a partir de um viés cultural e ritualístico, apresentando plantas e animais usados nas comunidades tradicionais do país.

    Documentário

    Já na noite de quarta-feira, foi realizada, no auditório da Unidade, a transmissão do documentário "Nosso divino São João", gravado em junho de 2018 e que mostra os bastidores do famoso São João da comunidade do Choro, em Divinópolis. A equipe do Cemud acompanhou desde a preparação até as festividades e ouviu as pessoas responsáveis por fazer a festa acontecer há 40 anos. O resultado, entretanto, vai além das imagens e da noite de São João e conta a história por trás e as vivências que aquelas pessoas tiveram durante todos esses anos. Após a transmissão, foram convidados para um bate-papo alguns dos protagonistas do São João, como a dona Geralda e seu marido, Ivânio, que cedem sua casa e organizam o evento, e a dona Alferina, que, com seu bom humor e talento, ajuda na preparação de biscoitos que são oferecidos na festa. O professor, psicólogo e filósofo Arnaldo Mesquita também compôs a mesa para analisar, por meio de um viés sociológico, a importância do mantimento dessas tradições e como elas enriquecem a história de um povo.

    A programação do evento contou também, na quinta-feira (9 de maio), com uma visita mediada pelo professor José Heleno Ferreira a patrimônios históricos de Divinópolis, entre os quais o Teatro Municipal Usina Gravatá e o Mercado Municipal, com o objetivo de discutir os traços históricos construídos e desconstruídos na cidade. Participaram da visita alunos do Centro Técnico Pedagógico (Cetepe), de Divinópolis.

    A coordenadora do Cemud, professora Flávia Lemos, ressaltou a importância do evento: “A Semana de Museus é um evento importante, primeiramente pela mobilização nacional das instituições museológicas, com temáticas importantes para a contemporaneidade. Especificamente, é um momento oportuno em que o Centro de Memória tem um contato mais estreito com seu público, principalmente com os estudantes, e, ao mesmo tempo, uma agenda cultural na Universidade”.

    A programação da Semana de Museus promovida pelo Cemud será encerrada no dia 18 de maio e conta com o apoio dos seguintes patrocinadores: Sindicato Rural de Divinópolis, Prefeitura de Bom Despacho, Divinexpo, Luiz Fotógrafo e Maria Luiza Pimentel de Souza. A agenda completa dos eventos pode ser conferida no site do EmRedes – Portal da Memória do Centro-Oeste Mineiro: http://www.emredes.org.br.

    Tags:

    CONECTE-SE CONOSCO

    Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves

    Rodovia Papa João Paulo II, 4143
    Ed. Minas - 8º andar
    CEP: 31630-900

    • dummy+55 (31) 3916-8759 / 3916-8695

    • dummy faleconosco@uemg.br

    Assine

    Digite seu e-mail e enviaremos mais informações

    © 2019 UEMG

    Search