Contraste |
| |

    EVENTOS UEMG

    Universidade do Estado de Minas Gerais

    05 Dez, 2019
    Unidade Ibirité | 1º Congresso Municipal de Práticas Pedagógicas: Educação, Cidadania e Tecnologia

    Unidade Ibirité | 1º Congresso Municipal de Práticas Pedagógicas: Educação, Cidadania e Tecnologia

    • 8:00 am - 10:50 pm
    • Unidade:

    Sobre o Evento

    A Unidade Acadêmica da UEMG em Ibirité promove, de 5 a 7 de dezembro o 1º CONGRESSO MUNICIPAL DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS: EDUCAÇÃO, CIDADANIA E TECNOLOGIA. Estão programadas palestras, mesas temáticas e grupos de trabalho de acordo com os cinco eixos temáticos escolhidos. O evento promete avaliar avanços e retrocessos da contemporaneidade e suas consequências na área de Educação. Compreendendo que são necessários novos enfrentamentos são constantes nos saberes docentes, o Congresso Municipal de Práticas Pedagógicas: Educação, Cidadania e Tecnologia tem como objetivo proporcionar reflexões entre os ensinos da educação em todos os níveis (infantil, fundamental, médio, técnico e superior).

    ​As inscrições podem ser feitas online, no site do evento, com a contribuição de 1 kg de alimento não perecível.

    A submissão de resumos para apresentação nas modalidades Minicurso/Oficina, Pôster e Comunicação podem ser enviadas até 25/11/19. Para submeter Artigo Científico para publicação, é necessário verificar normas da revista e enviar material até 15/01/2020. Acesse o edital para submissão de material para apresentação no Congresso.


    Conheça os eixos propostos e suas descrições:

    1° EIXO: Métodos, abordagens, tecnologias, neurociência e saberes docentes:

    Debate com base em “relatos de experiências” sobre práticas pedagógicas, materiais, recursos, mídias e tecnologias com propósitos didáticos, que favoreçam o letramento crítico como processo de construção social do conhecimento. Busca-se discutir o papel formador do professor, dos gestores e dos agentes mediadores de leitura e escrita, em situações de ensino e aprendizagem nas perspectivas da pedagogia pós-método, das metodologias ativas, do ensino híbrido, da sala de aula invertida, dos ambientes Sociotecnicos, do design thinking, gamificação, aprendizagem em rede, registros não lineares, aprendizagens não lineares.

    2°  EIXO: Gestão educacional e os desafios das políticas públicas:

    Refere-se à temática Gestão e currículo: os desafios para políticas públicas, o qual receberá trabalhos que envolvam investigações teóricas, metodológicas e/ou práticas que contribuam nas discussões de problemas relacionadas aos diferentes níveis de ensino. Objetivamos que as discussões suscitadas por estas investigações apontem caminhos possíveis para uma melhoria na qualidade do ensino e aprendizagem dos estudantes das escolas públicas. Dessa forma, os trabalhos poderão advir de qualquer área, bem como de pesquisadores, docentes e estudantes da temática com o objetivo de reflexão coletiva e debate das ideias, desde que a proposta central de desenvolvimento do debate seja o os desafios para políticas públicas, tanto na gestão escolar como do currículo das escolas enquanto processo democrático, detectando suas formas de organização, de articulação, de estratégias e objetivos em vistas de melhor eficácia de transformação humanizadora dos sujeitos.

    3° EIXO: Corpo e educação:  

    Pensar o corpo ef o movimento na Educação, na perspectiva do respeito aos seus direitos, o que inclui o direito de se manifestarem e expressarem corporalmente. Linguagem corporal  como elemento da multiplicidade de linguagens que constituem o sujeito. Reflexões sobre a subestimação das representações e da linguagem corporal na escola. Serão aceitos trabalhos que relacionem a Educação com as seguintes temáticas: Práticas corporais e expressivas; Disciplinarização; Corpo , gênero e sexualidade; Corpos e identidades culturais; Corpo, processos biológicos e comportamentais

    4° EIXO: Educação e infâncias: Contexto Histórico:

    O presente eixo pretende dialogar sobre as diversas abordagens que contribuem para o desenvolvimento do pensamento crítico na escola. Acreditamos que, ao abordarmos estratétigas para o desenvolvimento do pensamento crítico, permitiremos que os alunos realizem uma análise crítica das suas posições diante da realidade que os cerca, percebendo a diversidade de pontos de vista e argumentos sobre diferentes aspectos da vida em sociedade. Nesse sentido, este eixo pretende discutir e colocar em questão as práticas, estratégias e ações pedagógicas que os docentes já têm realizado nas escolas de nível fundamental e médio. Também pretende-se abrir um foro de discussão sobre a importância da criticidade para a formação cidadã e os dilemas em torno dessa formação diante das demandas do mundo de hoje.

    5° EIXO: Criticidade na prática docente:

    O presente eixo pretende discutir as diversas abordagens que contribuem para o desenvolvimento do pensamento crítico na escola brasileira atualmente. Acreditamos que, ao abordarmos estratégias para o aprimoramento da criticidade, permitiremos que os alunos realizem uma análise criteriosa das suas posições diante da realidade que os cerca, percebendo a diversidade de pontos de vista e argumentos sobre diferentes aspectos da vida em sociedade. Nesse sentido, este eixo objetiva discutir e colocar em evidência as práticas, estratégias e ações pedagógicas que os docentes já têm realizado nas escolas. Também pretende-se abrir um foro de discussão sobre a importância da criticidade para a formação cidadã e os dilemas em torno dessa formação diante das demandas do mundo de hoje. Portanto, procura-se abrir espaço para a apresentação e o debate em torno de prática que permitam aos alunos estabelecerem uma realidade que lhes pertença de direito.

    © 2019 UEMG

    Search